TNT Brasil altera diálogos de “Brooklyn Nine-Nine” na versão dublada e cita Bolsonaro

PÓS-CRÉDITOSSériesSuper ZoomZoom News

O episódio quatro da quinta temporada de Brooklyn Nine-Nine, exibido no Brasil no último sábado (9), pela TNT Brasil, trouxe uma sequência de diálogos alterados que surpreenderam os fãs se comparado com o original. Acontece que as falas citavam o presidente Jair Bolsonaro.

A repercussão foi tão grande que nesta terça-feira (12), o The Wrap publicou uma matéria sobre o caso dizendo que o erro de tradução/dublagem, tinha chego aos ouvidos de Dan Goor, showrunner da série, que se espantou e exigiu que os diálogos fossem corrigidos.

Na cena é possível ver Boyle (Joe Lo Truglio) dizer: “É melhor ‘jair’ se acostumando”, uma frase muito repetida por apoiadores do presidente Bolsonaro. O personagem também diz que é um “minion”, numa referência a seguidores do político.

Inclusive, o perfil em inglês, Brooklyn Nine-Nine updates, destinado a dar atualizações da série, repercutiu a polêmica sobre o assunto, veja abaixo:

Tradução: “Somos tão gratos que o @TNTBr está transmitindo o B99 para os fãs brasileiros, mas é tão errado que as traduções estão implicando que Boyle é um apoiador de Bolsonaro (ele é o presidente do Brasil – uma versão mais extrema de Trump), porque isso é totalmente contra B99″

A fala original se trata da palavra “tramp”, que pode ser traduzido como “vagabundo”, mas o tradutor pode ter se confundido, achando que era uma referência ao presidente norte americano, Donald Trump.

Em seu perfil oficial no Twitter, a TNT Brasil já esclareceu o caso. “Pedimos desculpas pela dublagem realizada no episódio 5×04 de Brooklyn 99, em que as falas do personagem Boyle tomaram uma direção diferentes da versão original. A TNT solicitou a correção e estamos revisando todos materiais”, afirmaram em seu perfil oficial.

No vídeo abaixo, é possível ver as cenas na versão original e alteradas no Brasil:

A série é exibida nos EUA no canal Fox e estreou, em janeiro, a sua sexta temporada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *